Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Crescimento’ Category

Read Full Post »

Pra quem que saber quanto vai medir, é importante lembrar que:

1. A genética existe e, apesar das gerações mais novas estarem ficando maior do que as anteriores, a estatura dos pais ainda dá uma boa previsão da estatura final. O cálculo dá um intervalo de altura onde há 95% de você ficar.

Se você é do sexo masculino, faça a seguinte conta:

(altura do seu pai + altura da sua mãe + 13):2 → esta será a altura média do que chamamos de canal familiar. Some 10cm e subtraia 10cm e você terá o intervalo de altura esperado para você.

Se você é do sexo feminino, faça esta conta:

(altura da sua mãe + altura do seu pai – 13):2 → esta será a altura média do que chamamos de canal familiar. Some 9cm e subtraia 9cm e você terá o intervalo de altura esperado para você.

Exemplo:

Menino com pai = 175 cm e mãe = 160 cm.

175 + 160 + 13 = 348

348 : 2 = 174 cm

174 cm + 10 cm → você deverá ter entre 164 cm  e 184 cm

Mas pode ser que você fique acima deste limite, porque a vida hoje em dia é diferente – mais alimentos, menos doenças, mais cuidados… – ou que você fique menor. Se perceber que o seu crescimento anda devagar, como comentamos no outro post, procure ajuda.

SINAIS DE QUE O CRESCIMENTO ANDA MEIO DEVAGAR:

  • Não troca o número de sapato já faz tempo
  • Não perde roupas
  • É o primeiro da fila na escola (que tem professoras que ainda organizam a fila do menor para o maior)
  • O irmão mais novo está cada vez mais próximo da sua altura

Read Full Post »

A primeira notícia que se tem das curvas de crescimento – aquelas em que marcamos a altura de acordo com a idade – é do século XVIII . Um senhor, chamado Conde de Montbeillard, por volta de 1750, começou a medir seu filho periodicamente, e assim fez até que o menino tivesse 18 anos . Nasceu aí a primeira curva individual de crescimento. Quem tiver curiosidade, pode fazer a sua – mas é importante lembrar que há forma correta de se medir.

 

Hoje temos diferentes tipos de curva de crescimento. A curva elaborada por Marques & Marcondes tem carater transversal; foram medidos grupos de crianças diferentes, em cada idade (3, 4, 5, 6 anos e assim por diante). Já a curva elaborada por Tanner & Whitehouse tem carater longitudinal, ou seja, as mesmas crianças eram medidas em idades diferentes, ao longo de vários anos.

Curva dos 2 aos 20 anos – meninos

Curva dos 2 aos 20 anos – meninas

Vale lembrar que somos indivíduos únicos, com famílias únicas! Cuidado ao se comparar com o vizinho, com o colega de turma ou com a modelo das “Fashion Weeks”!!!

Até breve!

Soraya


VELOCIDADE DE CRESCIMENTO

É uma das informações mais importantes quando avaliamos uma criança ou adolescente.

O que é ?

A velocidade de crescimento é traduzida pelo número de centímetros que se cresce no período de 1 ano.

Só saberemos qual é a velocidade daqui a 1 ano?

Não. Podemos estimá-la antes disso; se medirmos a mesma criança hoje e daqui a 4 meses, por exemplo. Como o ano tem 3 períodos de 4 meses, multiplicamos o crescimento (observado em 4 meses) por 3. Vamos colocar isto em números:

se uma criança cresceu 1,5 cm em 4 meses, em 1 ano ela terá crescido 4,5 cm (1,5cm x 3).

Por isto, é importante anotar e guardar as medidas de altura feitas no consultório dos pediatras; se algum dia precisarmos …

A velocidade de crescimento varia conforme a idade; no estirão da puberdade chega a mais de 10 cm/ano!

A partir dos 2 anos e até antes da puberdade: velocidade de crescimento = 4 a 7 cm/ano. A partir daí, começa a aumentar até que se atinja o pico do estirão da puberdade, quando se cresce 12, 13, … cm/ano.

Quando colocamos a velocidade de crescimento em uma curva apropriada, a criança a partir dos 2 anos geralmente se mantém no mesmo percentil ou próximo a ele, ou seja, acompanha a curva paralelamente a ela.

Se a velocidade de crescimento é baixa, é hora de procurar ajuda médica! Isto pode ser visto por uma mudança na curva de crescimento da criança, que começa a se desviar para a direita (percentis menores), como no exemplo abaixo.

Fitas métricas, batente de porta ou aqueles bichinhos com régua (como o do segundo post) podem produzir resultados muito alterados.


Read Full Post »

« Newer Posts